(3/3) Tudo sobre os óculos de imersão para realidade virtual

(3/3) Tudo sobre os óculos de imersão para realidade virtual

Sozinhos, os óculos de realidade virtual são apenas alguns reais (R$) ou dólares (US$) a menos na sua carteira! Uma experiência de imersão necessita de, pelo menos, 3 (três) itens: conteúdo imersivo, aplicativo de realidade virtual e os óculos VR. Nesse artigo vamos falar sobre esse terceiro pilar: os óculos de realidade virtual.

Os óculos de realidade virtual

Esse é o terceiro artigo de uma sequência onde falamos sobre os 3 (três) pilares da Realidade Virtual. No primeiro artigo tivemos mais informações sobre os conteúdos imersivos. No segundo artigo entendemos qual o papel dos aplicativos na experiência de imersão. Agora, vamos conhecer mais sobre os óculos de realidade virtual.

O papel dos óculos de realidade virtual

Não é possível ter uma experiência de imersão apenas com os óculos de realidade virtual. Isso é uma verdade, pois precisamos de conteúdo(s) imersivo(s) e de aplicativo(s) de realidade virtual. Entretanto, uma verdadeira experiência de imersão só é obtida quando utilizamos os óculos de realidade virtual.

Sem os óculos VR é possível interagir com um ambiente virtual. Mas, somente vestindo eles é que conseguimos ter a sensação de estar realmente dentro dele do ambiente.

Não há como eleger um dos 3 (três) pilares como o mais importante, todos eles são fundamentais. Entretanto, os óculos VR são os responsáveis por apresentar o resultado final do processo de realidade virtual! Com eles as pessoas visualizam, sentem e experimentam. São os óculos VR que fazem com que a realidade virtual se materialize e seja assim tão impactante.

Diferentes experiências imersivas

Sem exageros: existem mais de 100 (cem) diferentes modelos de óculos de realidade virtual! Dos mais simples aos mais sofisticados. Essas variações permitem diferentes níveis de imersão. Alguns modelos são interessantes para um contato inicial com a tecnologia. Há também aquele que transmitem uma melhor experiência.

Todos os óculos de realidade virtual entregam uma experiência, isso é fato. A questão está em quão interessante e realística é essa experiência. Para facilitar o entendimento dessas diferentes experiências, dividimos os modelos de óculos VR em 3 (três) categorias.

Óculos VR - Experience

Na categoria Experience estão os modelos de óculos de realidade virtual mais simples e baratos (financeiramente falando). São ótimos para levar aos usuários um primeiro contato com a tecnologia e uma sensação de imersão inicial.

Óculos VR - High Experience

Os óculos de realidade virtual da categoria High Experience são modelos de melhor qualidade (em lentes, design e acabamento). São muito acessíveis financeiramente e permitem uma experiência de imersão virtual mais realística. São ótimos para uso pessoal e também profissional.

Óculos VR - Game Players

O nível mais alto de imersão está na categoria Game Players. Esses são os modelos de óculos de realidade virtual mais sofisticados e de altíssima qualidade! Entretanto, são também os que demandam maior investimento financeiro. Ele são ótimos para jogos, entretenimento e aplicações comerciais com maior nível de complexidade.

Diferentes modelos de óculos de realidade virtual proporcionam diferentes níveis de imersão. Essas experiências podem ser simples, intermediárias ou avançadas. Isso vai depender de qual óculos você estiver utilizando.

Diferentes óculos de realidade virtual

Há uma outra divisão que nos ajuda a entender melhor como os diferentes modelos de óculos VR são usados. Podemos definir eles de acordo com os equipamentos agregados usados para transmitir a experiência de imersão:

  • Óculos para computadores. São os modelos de óculos VR que possuem duas lentes e uma tela já incorporada na própria estrutura dos óculos. Obrigatoriamente, necessitam ser conectados a um computador para transmitir a imersão nos ambientes virtuais.
  • Óculos para smartphones. São os modelos de óculos VR que possuem duas lentes já incorporadas a estrutura dos óculos. Entretanto, usam um smartphone como tela e não precisam de computadores.
  • Óculos standalone. São os modelos de óculos VR totalmente independentes. Eles não necessitam de computadores ou smartphones. Possuem lentes, tela, processador e armazenamento de dados em um único equipamento.

Óculos para computadores

Esses modelos de óculos VR são equipamentos complexos. Eles possuem um par de lentes angulares de ótima qualidade e uma tela de alta definição. Incluem também sensores de movimento e sensores de aproximação. Os controles e os fones de ouvido levam a experiência de imersão para outro patamar. A conexão com o computador é realizada através de cabos HDMI e USB.

Esses modelos de óculos VR foram construídos para terem a melhor experiência de imersão virtual. Para isso, utilizam computadores para armazenar os conteúdos imersivos e realizar todo o processamento da experiência. Esse óculos VR atuam como um monitor/TV/tela transmitindo a visualização do ambiente virtual.

No computador também ficam armazenados os aplicativos de realidade virtual. Os apps interpretam, interagem e transmitem os ambientes virtuais para a tela dos óculos VR. Como esse trabalho exige muito processamento, é preciso de computador de alto desempenho. Ele precisa ter uma quantidade considerável de memória e uma placa de vídeo dedicada (off board).

Na maioria das vezes o conteúdo imersivo também fica armazenado no computador. Entretanto, dependendo da aplicação e da experiência de imersão, os conteúdos podem ser disponibilizados na nuvem. Nesse caso, eles são acessados pelo aplicativo de realidade virtual através de uma conexão com a internet.

Há empresas desenvolvendo a modelos de óculos VR que se comunicam com um computador sem a necessidade de cabos!

Modelos de óculos VR para computadores

Os modelos de óculos VR mais famosos são o Oculus Rift, o HTC Vive e o PlayStation VR, facilmente encontrados no Brasil. Há outros modelos de óculos de realidade virtual não muito conhecidos por aqui. No mercado internacional eles já estão ganhando um certo destaque. Veja alguns deles:

Óculos VR para smartphones

Aqui estão os modelos de óculos de realidade virtual fabricados em papelão ou plástico. Há também aqueles modelos com ótimo design e acabamento, que proporcionam uma ótima experiência de imersão virtual. No Brasil encontramos poucas opções dos melhores modelos, mas nos EUA  na China há dezenas deles.

A maioria desses modelos são equipamentos realmente simples, possuindo apenas um par de lentes angulares. Exceção de faz ao Samsung Gear VR, que é o modelo mais sofisticado dessa categoria.

A estrutura desses modelos de óculos VR é preparada para receber um smartphone. Ele é encaixado na parte frontal, transformando a tela do smartphone na tela dos óculos VR. Mas o papel do smartphone não é só esse! Ele ainda é responsável por outros recursos e ações no processo de geração da experiência de imersão.

Sensor de movimentos

O smartphone possui um sensor de movimento chamado giroscópio. Através desse componente ele consegue capturar os movimentos realizado com a cabeça, por quem está usando os óculos.

Acesso ao conteúdo imersivo

O conteúdo imersivo pode ser armazenado na memória interna do smartphone ou em um chip de memória removível. Conteúdos armazenados em nuvem podem ser acessados através de uma conexão com a internet (wi-fi, 3G, 4G, 5G…).

Processamento do aplicativo

Ele substitui totalmente o computador no que diz respeito ao processamento da experiência de realidade virtual. O aplicativo de realidade virtual instalado no smartphone faz o acesso ao conteúdo imersivo e, assim, gera a experiência de imersão.

Realidade virtual na palma da mão

É verdade que a maioria desses modelos de óculos VR não são sofisticados. Mesmo assim, são os responsáveis por facilitar o acesso à realidade virtual! É através deles que o uso da tecnologia é expandido entre as empresas e profissionais. O mais interessante deles é que simplificam a experiência de imersão para os usuários finais.

Outra vantagem desses modelos de óculos de realidade virtual é a praticidade em publicar e divulgar experiências imersivas. Podemos usar as lojas Play Store e App Store para isso! Assim a realidade virtual se torna acessível a qualquer pessoa que possua um smartphone Android ou iOS.

Essa é a democratização da Realidade Virtual!

Quais smartphones podemos utilizar?

Nem todos os smartphones são compatíveis com a tecnologia de realidade virtual, mas é fácil identificar quais são! Há um único requisito obrigatório: o giroscópio. Todo smartphone com giroscópio é compatível com realidade virtual! Você pode pesquisar o seu modelo nesse site e veja se ele possui giroscópio.

Há muitos modelos compatíveis com realidade virtual. Mas há alguns que permitem uma melhor experiência de imersão. Além da verificação do giroscópio, sugerimos que também sejam avaliados outros 4 (quatro) itens: memória, processador, resolução de tela e densidade de pixels da tela.

DICA 1: Quanto maiores forem a resolução e a densidade da tela, mais nítidos serão os conteúdos imersivos exibidos. Consequentemente, maior será a sensação de estar dentro do ambiente virtual.

DICA 2: Pesquise primeiro pelo giroscópio, ele é obrigatório! Depois, consulte a resolução e densidade da tela. Os modelos com maior resolução de tela e densidade de tela, geralmente possuem mais memória e melhor processador.

Dica 3: Compare o modelo de smartphone com um iPhone (a partir do 6) ou Samsung Galaxy (a partir do S6). Esses modelos são ótimos para uso com realidade virtual, tenha eles como referência. Acesse esse site e informe o modelo desejado. Depois, veja quais são as semelhanças entre cada um deles.

Óculos VR standalone

Esses modelos de óculos de realidade virtual foram projetados para funcionarem de forma independente! Eles não precisam se conectar a computadores ou utilizar smartphones. Todos os itens necessários para a experiência de imersão estão em um único equipamento.

Lentes e tela de alta resolução. Processador, memória, e armazenamento de dados. Sensores de movimento (giroscópio) e controles para interação com o ambiente virtual. Alem disso, conexão com internet!

Facebook, HTC e Samsung são as empresas com maior expressão mundial em realidade virtual. Eles estão trabalhando nesses modelos de óculos. Inclusive, já foram anunciados, mas ainda não estão disponíveis à venda.

Em paralelo, outras empresas chinesas já comercializam modelos de óculos VR standalone. São modelos mais simples e ainda não possuem tanta qualidade de imersão! Mas isso já nos mostra qual a próxima tendência das fabricantes de óculos.

Qual é o modelo de óculos de realidade virtual que você utiliza ou pretende utilizar? Você está em busca das primeiras experiências em realidade virtual ou já utiliza de forma profissional?

Maicon Klug
maicon@imersiovr.com
CEO
Imersio

Deixe sua pergunta ou comentário